Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic InnovationFactor-Kline RadarAs cinco principais tendências que impulsionam o mercado de ingredientes para produtos de cuidados pessoais

As cinco principais tendências que impulsionam o mercado de ingredientes para produtos de cuidados pessoais

  • Written by:

Por Elaine Gerchon

Continuamente há um aumento na demanda por cosméticos e produtos de cuidados pessoais no mundo, que também impulsiona o aumento nas vendas dos ingredientes (matérias primas) utilizados nesses produtos. O valor das vendas de ingredientes de produtos de cuidados pessoais alcançou USD 9,0 bilhões, globalmente, nas principais regiões, como Europa, Estados Unidos, Brasil, China, Japão, Sudeste Asiático, Índia e o resto do mundo, segundo o relatório Personal Care Ingredients: Global Market Analysis. Até 2020 este valor ultrapassará a marca de USD 10,0 bilhões. Contudo, as regulamentações do setor, mais as oscilações nas preferências dos consumidores e a crescente concorrência aliada ao surgimento de produtos inovadores redefinirão o negócio em escala global.

Com base nas conclusões de nossa pesquisa identificamos importantes tendências na experiência do consumidor que, por sua vez, afetam o mercado de ingredientes de produtos de cuidados pessoais já em 2016.

  1. Os produtos multifuncionais estão em alta

Com estilos de vida extremamente agitados, os consumidores tendem a simplificar suas rotinas diárias de beleza, face a “escassez” de tempo. Por isso, os produtos multifuncionais estão crescendo em popularidade, pois oferecem diversos benefícios de uma só vez, tais como: anti-idade, limpeza, hidratação, antioxidante, proteção UV etc. Consequentemente, essa tendência aumentou o consumo dos ingredientes multifuncionais, uma vez que o consumidor deseja, por exemplo, produtos de maquiagem e cuidados para a pele tenham proteção solar, uma vez que eles já conhecem os efeitos danosos da radiação UV. Dessa forma, há um aumento na demanda de absorvedores UV, o que destacou esse grupo de ingredientes o de mais rápido crescimento no mercado de ingredientes.

  1. Eficiente e moderado – a receita campeã

Os consumidores estão em busca da eficiência e de produtos mais suaves. Em relação aos cuidados com os cabelos, os produtos à base d’água são os mais desejados do que os produtos à base de solvente, pois danificam menos o cabelo ao longo do tempo e são fáceis de usar. Assim, os formuladores tendem a utilizar ingredientes mais “suaves”, e um exemplo é a preferência no uso de tensoativos aniônicos livres de sulfato no lugar dos tensoativos tradicionais, tais como lauril éter sulfato de sódio. Essa tendência também é proeminente entre os antimicrobianos, na qual se espera que o uso de ingredientes como parabenos, triclosan e conservantes que liberam formaldeído, diminua no futuro. Dessa forma os ingredientes alternativos como os ácidos orgânicos (ácidos benzóicos/benzoatos ou ácidos sórbico/sorbatos) e os boosters sejam utilizados com mais freqüência.

  1. O desafio natural

Esse desejo por produtos leves e mais suaves, associados à consciência crescente sobre o consumo de produtos químicos sintéticos em cosméticos e produtos de higiene pessoal, continuará a impulsionar a indústria mundial de cuidados pessoais. Essa tendência também refletiu num aumento no consumo de ingredientes naturais.

Podemos citar o exemplo dos formuladores que indicam o uso de ingredientes naturais nos produtos de proteção solar elaborados de óleo de casca de canela, extrato de aveia e óleo de soja, cuja propriedade é o aumento do FPS. Isto atrai os consumidores. Entretanto, os produtos fabricados com ingredientes naturais são mais propensos aos ataques microbianos e também aos problemas de compatibilidade com outros ingredientes, nas mais diversas formulações. Isso gera desafios para os fabricantes de produtos à base de tensoativos, como xampus que não são compatíveis com outros ingredientes naturais.

  1. Sim às plantas, não aos animais

Embora os ingredientes naturais e derivados de plantas estejam em ascensão, os ingredientes de origem animal perdem a sua popularidade devido à atitude negativa e crescente em relação ao processo de produção desses produtos. Os consumidores estão se voltando aos produtos fabricados por marcas mais ecológicas, sustentáveis, éticas e socialmente responsáveis. Os produtos que contêm ingredientes de origem animal se enquadram nas listas proibidas por questões éticas. Dessa forma, espera-se que o consumo de lanolina e seus derivados tenham uma queda especificamente na Europa e na Índia.

  1. Discrepâncias regionais dos ingredientes na mira da legislação

O consumo de ingredientes potencialmente perigosos que estão sob avaliação dos órgãos legisladores deverá diminuir nos mercados desenvolvidos, contudo isso varia de acordo com a região. Por exemplo, espera-se que o uso de parabenos diminua nos Estados Unidos, mas não em outras regiões, embora o crescimento deste ingrediente seja mais lento. Ingredientes como BNPD ou triclosan deverão diminuir na maioria das regiões, mas apresentarão certo crescimento em algumas regiões em desenvolvimento, como a Índia. A linha divisória reside na consciência sobre os efeitos nocivos desses ingredientes, que é muito alta nas economias avançadas, cuja composição do produto está sob constante vigilância de organizações governamentais e independentes. Nesses mercados as regulamentações da indústria desempenham um grande papel na determinação da futura estrutura de mercado. Por exemplo: a Comissão Europeia estabeleceu uma concentração máxima de 0,0015% de CIT/MIT e MIT em produtos rinse-off para a pele e proibiu seu uso em produtos leave-on, como loções corporais e cremes.

O mercado global de ingredientes de produtos de cuidados pessoais tende a sofrer algumas mudanças devido a vários fatores, principalmente a preferência por ingredientes mais leves, o desejo do consumidor por ingredientes naturais, a legislação que afeta o uso de alguns ingredientes e o aumento no uso de ingredientes inovadores com características multifuncionais.

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Nossos canais

Parceiros