Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic InnovationEmpresas & NegóciosAumento de alérgicos e veganos impulsionam vendas da Alergoshop

Aumento de alérgicos e veganos impulsionam vendas da Alergoshop

  • Written by:
Quase um terço da população mundial tem algum tipo de alergia (30%), segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde). E a tendência é chegar a 50% nas próximas três décadas. A poluição do ar é uma das grandes responsáveis, mas não só ela. “Estamos usando e comendo mais produtos industrializados, cheios de conservantes, e isso faz crescer a sensibilidade da população”, diz Sarah Lazaretti, sócia-diretora da Alergoshop.

O aumento do número de alérgicos na população é um dos fatores que impulsiona as vendas da empresa. Sarah diz que a taxa de retorno das lojas é de 80%. Nos últimos tempos, porém, a maior consciência sobre os malefícios de várias substâncias tem sido importante para aumentar as vendas, de acordo com Sarah. “As pessoas estão procurando cada vez mais produtos que sejam feitos sem os componentes que são reconhecidamente nocivos para a saúde”, diz a empresária.

Outra característica que tem sido cada vez mais valorizada, segundo Sarah, é a ausência de testes em animais. “Veganos e outros grupos que são adeptos do Cruelty Free são nossos clientes” diz. A Alergoshop faz parte da lista da PEA ( Projeto Esperança Animal).

A empresa faz 25 anos este ano e atualmente tem quatro lojas próprias e sete franquias, onde são vendidos cerca de 290 produtos, 50 deles de fabricação própria, em dez diferentes linhas, todas livres de parabenos.

Pioneira no setor, foi diversificando sua lista de produtos com cosméticos e outros itens para quem quer prevenir alergias, como esmaltes sem tolueno, formaldeído e dibutilftalato, desodorantes, protetores solares, repelentes, maquiagens, e tintura para cabelo, com cinco cores na cartela.

Para comemorar o aniversário, lançou duas linhas, mirando novos nichos: uma coleção dedicada aos bebês e aos idosos, batizada de Nossos Amores, e uma loção para animais de estimação.

Sua coleção Total Care é livre de 105 substâncias habitualmente usadas na indústria de cosméticos e que têm potencial sensibilizante e prejudicial à saúde, entre eles triclosan, alumínio, ureia e PABA (ácido para-aminobenzóico).

No ano passado, lançou o coletor menstrual FreeCup. E também segue vendendo capas antiácaros, uma solução contra ácaros, travesseiros, purificadores de ar e produtos de limpeza sem derivados do petróleo e produtos sintéticos.

A Alergoshop nasceu de uma necessidade familiar que foi resolvida em família. A filha de Sarah tinha asma e dermatite. “Os médicos que indicavam uso de capas antiácaro, produtos hipoalergênicos de higiene pessoal e para a casa, mas era difícil encontrá-los”, diz.

Sarah se uniu à irmã, Julia, que estava fazendo pós-graduação em imunologia, depois de se formar em Biologia, e juntas decidiram criar uma loja de produtos para diversos tipos de alergia voltada ao consumidor brasileiro.

“Tínhamos certeza que muitas outras mães ou alérgicos sentiam a mesma necessidade”, diz. “Trouxemos dos Estados Unidos vários produtos para começar a loja. Nosso desafio era mostrar que é possível minimizar incômodos das alergias, com produtos e controle ambiental”, relata.

Cerca de um ano depois da fundação, a marca desenvolveu os primeiros cosméticos próprios, numa linha de uso diário.

Fonte: Bem Paraná

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Nossos canais

Parceiros