Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic InnovationInternacionalBeleza e moda lideram o ranking das vendas por e-commerce em 2018

Beleza e moda lideram o ranking das vendas por e-commerce em 2018

  • Written by:
Beleza e saúde, moda e informática foram as áreas que mais se saíram bem no setor de vendas, de acordo com o estudo da Social Miner, empresa de tecnologia que ajuda sites e e-commerces a atrair e converter consumidores online por meio de campanhas personalizadas. A pesquisa revelou ainda preferências das mulheres e constatou que elas compraram mais produtos das categorias bebês (92,41%), moda (89,23%) e beleza e saúde (83,63%). No ranking de compras feitas por homens, as áreas que mais se destacaram foram: informática (92,58%), bebidas (70,12%) e eletrônicos (65,54%).

Para o estudo, a empresa se uniu a parceiros como Vindi (empresa especializada em pagamentos), Anymarket (integrador de marketplaces) e Neoassist (de inovações tecnológicas), e analisou o comportamento de navegação de mais 35 milhões de usuários cadastrados na sua base, além daqueles da base dos colaboradores.

Beleza teve uma representatividade em vendas de 35,78%, e moda atingiu 17,89%. O ticket médio geral, do ano de 2018, foi de R$378,45. Os compradores de roupas e acessórios gastaram, em média, R$ 319,60, enquanto quem comprou itens de beleza e saúde desembolsou cerca de R$143,20 por transação.

O cartão de crédito foi o método de pagamento mais relevante nas transações de 2018. No
entanto, quando consideramos o valor das transações, o boleto bancário ganha relevância,
crescendo em 10,88 pontos percentuais. Isso mostra que as transações via boleto bancário têm um valor maior que o dos demais métodos de pagamento, mesmo não oferecendo a opção de parcelamento. Em 2018, como de costume, a maior parte dos pagamentos foi feito à vista. Já das transações a prazo, as parcelas divididas em 3, 6 e 12 vezes se destacam.

Sobre a forma de o consumidor entrar em contato com as marcas, destaque para a queda, em 2018, na representatividade do e-mail e facebook, enquanto o chat e, especialmente, o chatbot registraram um aumento considerável no volume de chamados – indicando a preferência do consumidor por maior agilidade na busca por respostas.

O segundo semestre de 2018 concentrou 60,45% do volume de vendas gerado no ano. Isso se deve, especialmente, a boa performance da Black Friday, que registrou um pico de acessos 6,5 vezes maior que o registrado na segunda data comercial com maior representatividade de tráfego: Dia do Consumidor (15 de março).

O Sudeste representou 67,29% em comercializações, aparecendo no topo da lista como a região que mais vendeu, principalmente nas categorias de móveis, multicategorias, bebidas e moda. São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais reuniram 40,49%, 13,58% e 11,19% do volume de vendas, respectivamente.

Fonte: Fashion Network

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Nossos canais

Parceiros