Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic InnovationRadarCientista da BelCorp da Colômbia destaca tendências no mercado de beleza

Cientista da BelCorp da Colômbia destaca tendências no mercado de beleza

  • Written by:

A crescente demanda por produtos orgânicos e naturais, impulsionada pelos Estados Unidos, o maior mercado consumidor do mundo, favorece empresas latinas que são privilegiadas por sua biodiversidade.

Nesse cenário otimista, John Jiménez, principal cientista do departamento de P&D da Belcorp da Colômbia, destaca as principais tendências do consumidor e a importância das matérias-primas no processo de criação. Consumidores conscientes preocupados com a experimentação com animais e um mundo sem plástico ditam os próximos movimentos da indústria.

1) Eternamente jovem: os limites da velhice são deslocados e as pessoas não querem ser segmentadas por idade. Os consumidores mais velhos querem ser tratados como jovens. Estamos vendo como alguns consumidores do segmento de baby boomers são viciados em tecnologia e dispositivos. Isso lhes dá a capacidade de entender melhor as propriedades e os benefícios de produtos e marcas de cosméticos; são pessoas que pesquisam novos produtos e tendências.

2) Voltar ao básico: Essa tendência é muito interessante porque vemos o desejo do consumidor por produtos simples, minimalistas e de alta qualidade. Vemos um boom em restaurantes, cafés de nicho e marcas de cosméticos que estão comunicando nos conceitos a descoberta e o uso de ingredientes tradicionais e ancestrais.

3) Consumidores conscientes: Os consumidores estão cada vez mais preocupados com testes em animais, consumo de água, geração de resíduos e, em geral, os elementos relacionados à responsabilidade social. Também vemos uma forte corrente em produtos alimentícios, roupas e calçados livres de ingredientes animais.

4) Petmetics: O respeito pela qualidade de vida e o bem-estar animal está em ascensão e vemos nas grandes e pequenas cidades o surgimento de lojas especializadas em animais de estimação. Além disso, o conceito de animais de estimação começa a ser constante em bares, restaurantes e sites de moda. Isso implica uma grande oportunidade no desenvolvimento de cosméticos para o bem-estar animal. Na Colômbia, é comum fazer um voo doméstico e ver passageiros com seus animais de estimação, incluindo aqueles que compram cadeiras para seu cão ou gato.

5) Livre de plástico: Essa tendência também é muito desenvolvida no país e é interessante porque existem supermercados onde eles não oferecem mais sacos de plástico em alguns dias da semana e também porque estamos reutilizando elementos tradicionais, como sacos e cestas Vá ao supermercado ou ao shopping. Essa é uma tendência muito bonita que está ajudando muitas comunidades a desenvolver produtos para atender a essa demanda. Essa é uma tendência que também vemos profundamente enraizada nas marcas locais de indie e nicho e nas marcas massivas e de luxo.

6) Famílias unipessoais: as estatísticas são impressionantes, pois a Colômbia é um país em que o número de famílias unipessoais está crescendo em porcentagens de dois dígitos. Estes passaram de 11% em 2005, 14,5% em 2014, 16,32% em 2017 para 18% em 2018. Segundo a Profamilia (uma instituição colombiana), existem mais de 20 tipos de famílias. As marcas conhecem esses consumidores, seus desejos, necessidades e ideias?

7) Gênero e inclusão: Essa também é uma tendência muito interessante para as empresas nascidas da percepção de que “somos todos humanos e não queremos rótulos”. Estamos vendo que alimentos, roupas, cosméticos, centros de entretenimento, turismo, etc., no país são mais inclusivos e a diversidade é o novo preto.

 

 

 

 

Fonte: América Retail 04.09.19

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Nossos canais

Parceiros