Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic InnovationCiência e Tecnologia InternacionalCientistas descobrem novas evidências sobre como cosméticos afetam hormônios

Cientistas descobrem novas evidências sobre como cosméticos afetam hormônios

  • Written by:
Cientistas descobriram que certos produtos químicos, amplamente utilizados em cosméticos e produtos de cuidados pessoais, podem contribuir para mudanças nos hormônios reprodutivos.

O estudo, publicado por Anna Pollack, Professora Assistente da Comunidade Global e Saúde da Virginia, da George Mason University, testou ingredientes químicos, incluindo parabenos e benzofenonas, para identificar se eles contribuíram para as mudanças hormonais.

Os parabenos são frequentemente usados ​​como conservantes em produtos cosméticos, enquanto as benzofenonas são usadas para proteger os produtos da luz UV, podendo também ser encontrados em filtros solares, fragrâncias, xampus e condicionadores.

Pollack afirmou: “Este estudo é o primeiro a examinar misturas de substâncias químicas amplamente utilizadas em produtos de cuidados pessoais em relação a hormônios de mulheres saudáveis ​​em idade reprodutiva, usando múltiplas medidas de exposição ao longo do ciclo menstrual, o que representa uma grande melhoria em relação às pesquisas anteriores, que se baseavam em apenas uma ou duas medições dos ingredientes químicos”.

Um total de 509 amostras de urina foram coletadas de 143 mulheres com idades entre 18 e 44 anos, para que medidas ligadas a fatores ambientais fossem realizadas.

O estudo constatou que certos produtos químicos e filtros UV foram associados com uma diminuição dos níveis hormonais, enquanto outros parecem tê-los aumentado.

Pollack acrescentou: “O que devemos concluir deste estudo é que precisamos ter cuidado com os produtos químicos nos produtos de beleza e higiene pessoal que usamos. “Temos indicadores precoces de que substâncias químicas, como os parabenos, podem aumentar os níveis de estrogênio. “Se esta descoberta for confirmada por pesquisas adicionais, isso pode ter implicações para doenças dependentes de estrogênio, como o câncer de mama”.

Fonte: Cosmetics Business

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Nossos canais

Parceiros