Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic InnovationRadar Tecnologia Verde & SustentabilidadeCinco macrotendências que vão dominar o mercado de beleza verde

Cinco macrotendências que vão dominar o mercado de beleza verde

  • Written by:
Com expectativa para atingir um faturamento mundial de US$25 bilhões até 2025, segundo a Grand ViewResearch, o mercado brasileiro de beleza natural e orgânica está crescendo e conquistando espaço nas prateleiras.

Marcela Rodrigues, da aNaturíssalima, Ananda Boschilia e Santos, da BScomBrasil, e Rose Bezecry, da Cativa Natureza, apresentaram, na Naturaltech, cinco macrotendências em cosméticos orgânicos e naturais que devem chegar as gôndolas no Brasil:

1.SkinFood: uso de matérias-primas, como frutas e vegetais, in natura na fórmula desses cosméticos, com foco principalmente, no autocuidado. A criação está conectada também com o movimento Do It Yourself (Faça você mesmo, em português).

“Toda matéria-prima tem foco de sustentabilidade, principalmente, em relação aos insumos. Elas dão credibilidade a empresa, principalmente, se for os ingredientes forem certificados”, disse Rose.

2.União da natureza com o tecnológico: além da matéria-prima, os cosméticos orgânicos também serão desenvolvidos com tecnologia, inteligência artificial e vão competir de igual para igual com os convencionais.

“A tecnologia por trás do orgânico é essencial, em termo de duração, qualidade, resultado. Hoje temos tecnologia para competir com igualdade com o convencional e com efeitos até melhores”, afirmou Amanda.

“O orgânico é uma tendência que veio pra ficar e tem a mesma tecnologia que os convencionais”, concordou Marcela.

3.Transparência com o consumidor: para ter sucesso no mercado, uma empresa terá que ser transparente com o consumidor sobre sua história, seu propósito e os seus produtos.

“Quando um cliente não se conecta com a história, os ideais, os produtos, a marca não vai dar certo. A transparência é a grande tendência que marca o avanço de uma empresa. Não funciona se é modismo”.

4.Sem gênero: cai os rótulos do que é masculino e feminino. Agora os produtos são multinacionais e para todos os públicos. “Os produtos são cada vez mais minimalistas, no rótulo tem todas as informações essenciais e de fácil entendimento. Além de servirem para todos as idades e públicos, os cosméticos não tem gênero”, segundo Amanda.

Os produtos multifuncionais também tornam a beleza mais acessível.

5.Estilo de vida holístico: olhar para a ancestralidade e o misticismo. Na beleza, são produtos que vão além da questão estética e trazem bem-estar, através do aroma e dos ingredientes em sua fórmula, por exemplo, como os óleos essenciais.

Fonte: Organics News Brasil 06.06.2019

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Nossos canais

Parceiros