Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic InnovationTecnologia Verde & SustentabilidadeConheça a primeira loja sem plástico e sem lixo do Brasil

Conheça a primeira loja sem plástico e sem lixo do Brasil

  • Written by:
Uma loja totalmente sem plásticos, nem nas embalagens e nem nos produtos. Primeira do tipo no Brasil, a Mapeei – Uma Vida sem Plástico promete ajudar pessoas a terem um estilo de vida mais sustentável, sem desperdício e sem descartar plástico em aterros sanitários ou nos oceanos.

Em suas prateleiras, há escovas de dente de bambu, copos dobráveis de silicone, canudos de metal e de vidro, atoalhados para remoção de maquiagem, marmitas de inox e sacolas de pano. Há também panos encerados que substituem plásticos filme na cozinha, garrafas d’água e cosméticos em barra ou em potes de metal.

Inaugurada há pouco mais de dois meses em uma galeria na rua Augusta, em São Paulo, a loja surgiu por conta da preocupação da empreendedora Lívia Humaire com o problema dos plásticos descartáveis, tão presentes em nossas vidas, nos lixões e nos oceanos. Surgiu também de uma longa mudança na vida da empreendedora, que começou a reduzir o desperdício em 2014, quando tentou fazer uma ceia de Natal mais sustentável.

Em pesquisas na internet, conheceu também outras pessoas comprometidas com o movimento, chamado de Zero Waste (Lixo Zero ou Desperdício Zero). Geógrafa de formação, Lívia trabalhava com consultoria comportamental para grandes empresas. Cada vez mais envolvida em temas de sustentabilidade, achou que a carreira já não fazia mais tanto sentido para ela.

Em 2017, decidiu sair do trabalho e abrir seu próprio negócio. Inicialmente, a ideia era criar uma empresa de cosméticos naturais vendidos por quilo, que diminuíssem o uso de embalagens plásticas. Mas esbarrou em dois obstáculos. O primeiro eram as regulamentações da Anvisa para a venda dos cosméticos, complicadas e burocráticas. O segundo eram os concorrentes: já havia um mercado relevante de shampoos, sabonetes e cremes naturais.

Para buscar inspirações para seu negócio, decidiu fazer uma viagem pela Europa e Estados Unidos para ver que negócios floresciam no exterior. Voltou para o Brasil com uma ideia mais evoluída para seu negócio, de criar uma loja de produtos sem plástico e que também fosse um espaço de apoio para quem quer começar a ter um estilo de vida mais sustentável.

Mapeou, nos últimos anos e em suas viagens, os negócios sustentáveis tanto no exterior quanto no Brasil, o que a levou a nomear a loja como Mapeei – Uma Vida sem Plástico.

Já com a ideia e possíveis fornecedores em mente, surgiu um novo problema: achar um local para a loja. O aluguel da maior parte dos imóveis disponíveis era muito caro para a empreendedora. Foi seu marido que encontrou uma pequena loja numa galeria no centro da cidade. Depois de uma reforma, a loja começou a abrir apenas aos finais de semana e, depois de um tempo de experiência, está aberta de quarta-feira a sábado.

Para construir o negócio, precisou do apoio de várias pessoas. Chamou uma sócia, a designer Lori Vargas, para atuar com o marketing e desenvolvimento da marca. Buscou capital para o empreendimento pelo Catarse, plataforma de financiamentos coletivos na qual arrecadou 16 mil. Mais do que angariar fundos, “o projeto serviu para chamar a atenção de consumidores e já criar uma comunidade de pessoas interessadas no nosso negócio”, diz ela.

Também precisou trabalhar muito próxima de seus fornecedores, para que eles se adequassem ao seu projeto de uma loja completamente sem plástico. Como muitos produtores são pequenos e artesanais, a proximidade é necessária para adequar o estoque. Sem escala industrial, é comum que um fornecedor não dê conta da demanda, diz.

O próximo passo é a abertura de um site para vender os produtos pela internet. “Temos potencial para alcançar o país todo, com aumento da demanda e do número de fornecedores”, afirma.

Fonte: Exame

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Nossos canais

Parceiros