Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic InnovationRadarConheça marcas nacionais de cosméticos que têm os valores da nova geração

Conheça marcas nacionais de cosméticos que têm os valores da nova geração

  • Written by:
Empresas focam em produtos com menos impacto ambiental, veganos e de ingredientes naturais

Esqueça os baby boomers, hoje em dia quem tem o poder de compra são os millennials, os nascidos entre 1979 e 1995, e as marcas estão focando cada vez mais em agradar esta geração.

Hoje, o público alvo (e também o mais difícil de agradar) é principalmente o chamado young millennial, aqueles que possuem entre 19 e 25 anos. São jovens movidos por causas, ligados em política, preocupados com o meio-ambiente e bem-estar animal e que procuram gastar o seu dinheiro com produtos que conversem com os seus valores. Segundo estudo do Google BrandLab, 58% deles preferem comprar de marcas que falem com eles através de seus interesses.

“Eles querem se sentir representados, e cobram isso das marcas”, conta Adriana Godinho, fundadora da Up2You. Conheça a seguir marcas nacionais que levam estes valores millennials em seu DNA.

Ametsa

“Estava insatisfeita com as marcas que tinham no mercado”, conta Isabelle Gantus, que fundou a Ametsa em 2017, quando tinha 17 anos. “Vários pontos não me agradavam, como preços altos, produtos utilizados nas fórmulas, mas o principal é que sou contra testes em animais.” Assim nasceu a marca, que, segundo Isabelle, dá voz para quem não tem.

Além de ter produtos veganos, a Amesta (que significa sonho na língua basca) tem ações para ajudar quem precisa. Por exemplo, 10% do lucro dos batons é doado a ONGs de animais de rua. Entre os planos da millenial Isabelle estão o de fazer embalagens refil, que evitam a produção de lixo e diminuem a poluição na fabricação de novos recipientes.

Simple Organic

View this post on Instagram

Olhos e boca: batom Camelia ✨

A post shared by Simple Organic Beauty (@simpleorganic) on

A maternidade e o futuro da sua filha, Maya, foram os impulsos para a jornalista Patrícia Lima criar a Simple Organic. “O consumo sem consciência passou a me incomodar, e decidi que faria a minha parte”, conta. “Essa decisão era fundamental para que percebesse o mundo através das necessidades da natureza e do ser humano, e não mais através do ritmo ditado pelo mercado de consumo.”

A marca é dividida em dois pilares, as maquiagens orgânicas, que possui itens como batom, pigmento, delineador e máscara de cílios, e a linha wellness, que tem sabonete, hidratante e máscara de argila. A Simple Organic possui certificação Ecocert, que garante que 95% da matéria-prima utilizada é de origem natural e que eles não usam elementos geneticamente modificados nem ingredientes sintéticos como parabenos, petrolatos, parafina, silicone e sulfatos.

Up2You

Após sair do mercado financeiro, onde trabalhava, Adriana Gominho queria trabalhar em alguma coisa que tivesse um propósito. No mesmo ano, descobriu um câncer e começou a procurar cosméticos naturais. “Pesquisei o mercado lá de fora, e vi que ingredientes como o parabeno são proibidos por lá”, conta. Assim surgiu a Up2You, uma marca de produtos para o cabelo e o corpo que se define como livre: livre de sal, parabenos, óleos minerais e ingredientes que podem fazer mal a saúde.

Os produtos são feitos de matérias primas naturais, como proteínas da amêndoa e do arroz, e nacionais, como óleo de castanha do Brasil e as embalagens são produzidas com matérias-primas que geram menos resíduos na natureza.  A marca é vegana e não realiza testes em animais (“abominamos esse tipo de coisa. Lugar de bicho é na natureza e não em shampoos”, diz o site).

Oh! Maria

A Lola Cosmetics, marca de cabelos que vende a ideia de que a vida deve ser divertida e cheia de sorrisos, com embalagens coloridas e cheias de bom humor, lança agora mais um braço, a Oh! Maria, especializada em maquiagem vegana com batons, lápis, sombras, pó para contorno, iluminadores e blush – tudo livre de derivados de animais, parabenos, sulfatos, óleo mineral e silicones insolúveis.

Fonte: Estadão

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Nossos canais

Parceiros