Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic InnovationRadarDona da Gucci processa Alibaba por vender produto falsificado

Dona da Gucci processa Alibaba por vender produto falsificado

  • Written by:

A francesa Kering, dona das marcas Gucci e Yves Saint Laurent, decidiu processar o site chinês Alibaba por permitir a venda de produtos falsificados pela internet. O processo foi protocolado na última sexta (15) na Justiça de Nova York.

No processo, a Kering alega prejuízos devido à violação das leis de marca registrada e sustenta que o site Alibaba possibilita a atuação de organizações criminosas que fabricam, vendem e fazem o tráfico de produtos falsificados com as suas marcas sem a devida autorização.

Procurado, Bob Christie, porta­voz do Alibaba nos EUA, afirmou, em nota, que o site trabalha em parceria com diversas marcas para ajudá­las a proteger a propriedade intelectual de seus produtos. “Temos um histórico forte desse trabalho. Infelizmente, o grupo Kering escolheu o caminho litigante e dispendioso no lugar de uma cooperação construtiva. Acreditamos que essa reclamação não tem base e vamos combatê­la vigorosamente”, afirmou.

É o segundo processo em menos de um ano que a Kering entra contra o Alibaba alegando venda de produtos falsificados. Outro processo, de julho do ano passado, foi retirado para possibilitar uma tentativa de acordo da Kering com o Alibaba.

No novo processo, a Kering afirma que o Alibaba permite a veiculação propaganda e de serviços em suas plataformas que são essenciais para os falsificadores venderem seus produtos para os consumidores americanos. O processo cita, por exemplo, a identificação da venda de um lote de 2.000 bolsas Gucci falsificadas, custando entre US$ 2 e US$ 5 cada, por um comerciante chinês. Uma bolsa Gucci original custa US$ 795.

Fonte: Folha de São  Paulo

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Nossos canais

Parceiros