Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic InnovationFactor-Kline RadarHenkel supera a Coty e a ELC para se tornar a segunda maior empresa de produtos profissionais para cabelos na América do Norte

Henkel supera a Coty e a ELC para se tornar a segunda maior empresa de produtos profissionais para cabelos na América do Norte

  • Written by:
Por Factor-Kline
O anúncio feito na semana passada de que a Henkel adquirirá os negócios de produtos profissionais para cabelos da Shiseido na América do Norte representa o mais recente passo da empresa na trilha para chegar ao topo da classificação no setor global de produtos profissionais para cabelos. De acordo com os dados do estudo de inteligência competitiva da Kline Salon Hair Care Global Series, somada à aquisição da Pravana no início de 2017, essa compra quase dobrará a participação da Henkel na América do Norte, indo de 7,7% para 13,6%, superando os 11,1% da Coty e os 8,1% da ELC.

Carrie Mellage, Vice-Presidente de Produtos de Consumo da Kline e Agnieszka Saintemarie, especialista em mercado de salões de beleza da Kline revelam as suas percepções sobre as aquisições no mercado de produtos profissionais para cabelos.

“Na esteira das aquisições da Pravana no início desse ano e das marcas da TSG há pouco tempo, a atividade da Henkel é a mais agressiva que vimos em termos de fusões e aquisições na área de produtos profissionais para cabelos nos últimos 15-20 anos… a era em que a L’Oreal adquiriu a Matrix, a Redken, a Softsheen e a Carson, enquanto a Procter & Gamble assumiu o controle da Clairol e da Wella”, comenta Carrie Mellage, Vice-Presidente de Produtos de Consumo da Kline. Tais movimentos levaram a L’Oréal e a Procter & Gamble ao primeiro e segundo lugares na América do Norte, respectivamente, posições que essas empresas* mantiveram até hoje.

Esse movimento reforça um tema que a Kline vem relatando há anos: que entre os líderes do mercado de produtos profissionais para cabelos, há poucos que são globalmente fortes, mas cada um é poderoso em seu próprio “quintal”. A negociação fortalecerá e aumentará o foco da Henkel e da Shiseido em seus respectivos “quintais”, a América do Norte e a Ásia.

“A América do Norte é um mercado atraente. Mesmo se tratando de uma região ampla e madura, ainda apresenta crescimento consistente ano após ano”, de acordo com Agnieszka Saintemarie, especialista em mercado de salões de beleza da Kline. Com um mercado tão grande, mesmo um pequeno aumento percentual se transforma em dezenas de milhões de dólares, portanto há muito potencial para todos os concorrentes. O negócio adquirido é uma bela adição ao portfólio da Henkel. Em particular, a marca Joico tem tido um bom desempenho nos últimos anos, investindo em coloração de cabelos, a categoria que mais cresce no mercado. Também tem se mantido na vanguarda da tendência de cores não naturais, com seus tons metálicos muito populares. O movimento também fortalece a posição da Henkel em duas importantes categorias de back-bar (produtos de uso profissional): coloração e texturização.

De acordo com Kline PRO (um banco de dados interativo que permite aos usuários acessar informações atualizadas sobre o desempenho das vendas de produtos no mercado profissional de cuidados do cabelo) indica que a Henkel atingiria mais de 50% das vendas de produtos para texturização capilar com a adição das marcas da Shiseido.

Da mesma forma, o foco concentrado da Shiseido na Ásia é uma jogada inteligente. A empresa vem estabelecendo uma presença na região, com suas vendas crescendo a taxas de dois dígitos na China, na Coreia do Sul e na Indonésia durante 2016. A Ásia é o terceiro maior mercado do mundo, e diversos países asiáticos estão apresentando um crescimento acima da média do mercado. A Kline avaliará e explorará oportunidades em 12 mercados asiáticos na próxima edição do estudo de inteligência competitiva Salon Hair Care, com um volume adicional voltado especialmente para os canais de distribuição na Ásia.

A Henkel terá que continuar a investir e a fazer movimentos poderosos caso queira chegar ao nível da Coty ou da L’Oréal. Com uma diferença que permanece nas centenas de milhões de dólares, será necessário adicionar pelo menos mais um negócio de grande porte ou diversos negócios de pequeno a médio porte para atingir o tamanho da Coty. Para alcançar esta meta, talvez a Henkel precise começar a olhar para fora da região norte-americana, onde fez suas aquisições recentes, e “ir às compras” em outros mercados, como na Europa ou na Ásia.

Essas e outras mudanças do mercado serão discutidas e apresentadas com mais detalhes na próxima edição do estudo de inteligência competitiva da Kline Salon Hair Care, que dará aos assinantes uma imagem precisa do tamanho, segmentação e o desempenho do mercado de produtos profissionais para cabelos em todas as principais regiões geográficas.

Para maiores informações entre em contato com a Factor-Kline e agende uma conversa com um de nossos especialistas.

* A Coty adquiriu o negócio de produtos profissionais para cabelos da Procter & Gamble em 2016.

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Nossos canais

Parceiros