Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic InnovationDestaque Embalagem & Design InternacionalA inglesa Bulldog desenvolve embalagem à base de cana-de-açúcar que captura dióxido de carbono

A inglesa Bulldog desenvolve embalagem à base de cana-de-açúcar que captura dióxido de carbono

  • Written by:
Bulldog Skincare for Men é a marca mais recente a fazer inovações em suas embalagens, em uma aposta para maior sustentabilidade de seus produtos.

As novas embalagens da marca substituem as tradicionais bisnagas plásticas por versões feitas de plástico derivado de cana-de-açúcar do Brasil, diz a empresa.

A mudança para o plástico de cana-de-açúcar torna a Bulldog a primeira marca no mundo a usar a cana como matéria-prima para embalagens e explica que, além de ser uma fonte renovável, o plástico da cana segura o dióxido de carbono, em vez de liberá-lo (como as tradicionais embalagens plásticas).

Para cada 100 toneladas de plástico de cana-de-açúcar usados nas bisnagas da Bulldog, 309 toneladas de CO2 são retiradas do meio ambiente, explica a marca britânica de cuidados masculinos.

“A Bulldog enxerga que há uma maneira melhor de envasar seus produtos. Ao invés de utilizar o plástico tradicional, a Bulldog está fazendo os mesmos frascos com plástico derivado de cana – um material natural”, afirma a empresa.

“É um recurso renovável, cultivado de forma responsável no Brasil, com um impacto mínimo sobre o abastecimento de alimentos ou sobre a biodiversidade, e não precisa de muito mais do que as chuvas naturais para crescer”.

Embalagem sustentável em foco

O movimento da Bulldog ocorre em um momento em que a indústria mais ampla está unida pelo objetivo de aprimorar a sustentabilidade das embalagens de seus produtos de mais rápido movimento.

A Unilever, por exemplo, empresa-mãe  das linhas Lynx / Axe, Dove e tantas outras, afirmou que, até 2025, garantirá a viabilidade técnica para que suas embalagens plásticas sejam reutilizadas ou recicladas.

A empresa também se comprometeu a garantir que a reciclagem e o reprocessamento do plástico sejam possíveis e comercialmente viáveis para os estabelecimentos parceiros.

Estes mercados industriais vêm por trás da preocupação com o meio ambiente. Um relatório recente da Fundação Ellen MacArthur (EMF), por exemplo, observou que apenas 14% das embalagens plásticas do mundo terminam em plantas de reciclagem, enquanto 40% vão parar em sítios terrestres e um terço, em ecossistemas frágeis.

Cana-de-açúcar da Bulldog

A cana-de-açúcar no Brasil é cultivada a milhares de quilômetros da floresta amazônica, afirma a Bulldog, em terrenos degradados que, com o cultivo da cana, podem ser recuperados para futuro uso com outros cultivos, ou simplesmente para nova safra de cana-de-açúcar.

A Bulldog afirma que a mesma continua sendo uma marca de skincare “vegan-friendly”, sendo certificada como Cruelty Free. A empresa não utiliza corantes artificiais, fragrâncias sintéticas ou ingredientes de origem animal.

Fonte: Cosmetics-Design via Cosmetic Innovation
Traduzido por FLD Traduções

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Nossos canais

Parceiros