Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic InnovationDestaque Empresas & NegóciosL’Oréal lança marca personalizada de coloração direta ao consumidor

L’Oréal lança marca personalizada de coloração direta ao consumidor

  • Written by:
Para uma marca com mais de 100 anos de experiência no setor de beleza, não é necessariamente fácil descobrir quais categorias precisam de disrupção e como fazê-lo.

É aí que surge a Color &Co, a mais nova marca da L’oréal de sua incubadora de tecnologia. A empresa pretende oferecer às pessoas sua própria cor de cabelo personalizada. Os consumidores podem participar de uma consulta por vídeo com um colorista de cabelo real (cerca de 300 em todo o país a partir de agora) para determinar o que seu cabelo precisa para obter a tonalidade perfeita. Eles também podem fazer um teste que usa um algoritmo para determinar quais cores e produtos são necessários.

“Não estamos tentando reduzir as pessoas que freqüentam salões regularmente”, disse Olivier Blayac, gerente geral da Color &Co. “Estamos tentando atualizar os usuários domésticos”.

Com a consulta por vídeo, os consumidores recebem um tratamento personalizado da cor do cabelo, juntamente com produtos adicionais que podem precisar (por exemplo, um produto para retocar as raízes ou reduzir a sutileza). Como parte da experiência personalizada, se os consumidores não estiverem satisfeitos com o que recebem, eles podem participar de outra consulta e a Color &Co vai ajustar a fórmula – um conceito que GuiveBalooch, VP de tecnologia da L’Oréal, disse que não é geralmente possível com soluções dye-at-home.

“Nós estamos personalizando tudo, assim somos capazes de ir realmente maisperto do que você precisa, em vez de fazer você ir longe demais, onde você não consegue o resultado que deseja”, disse Balooch.

No lançamento, os consumidores podem se inscrever por US$ 19,90 (cobrado em qualquer freqüência que decidam receber o produto), ou fazê-lo uma vez por US $ 26,90. É claro que nem todos estão confortáveis ​​em participar de uma consulta por vídeo, então a equipe da Color &Co levou um ano e meio para desenvolver um questionário que faz as mesmas perguntas que um colorista faz. Balooch disse que o algoritmo leva em conta diferenças de cabelo como a etnia, se foi tingido antes e os tons naturais. No futuro, Balooch disse que quer que o algoritmo use os dados dos consumidores para receber “conselhos mais precisos” e descobrir tendências de cores.

Blayac disse que os dados ajudarão a dar à Color &Co mais conhecimento além do tipo de cabelo e tendências, mas em culturas, gêneros e muito mais. Além disso, Balooch disse que sua equipe é composta de metade homens e metade mulheres, e inclui pessoas que moram em duas unidades nos Estados Unidos em São Francisco e Nova York, além de uma no Japão. Isso ajudou a informar o tipo de algoritmo que eles estavam construindo e os dados que precisavam coletar para que isso acontecesse.

“O que temos a ver com beleza e tecnologia não é apenas dizer às pessoas o que funciona, mas também o que não funciona”, disse Balooch. “Nós testamos [o algoritmo] muitas vezes, e se você não pode ir de A para B, nós diremos que você não pode. A última coisa que queremos é dar uma falsa expectativa do que eles podem e não podem fazer”.

Fonte: Adweek 08.05.2019

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Nossos canais

Parceiros