Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic InnovationDestaque InternacionalL’Oreal poderá assumir controle da sul-coreana Nanda

L’Oreal poderá assumir controle da sul-coreana Nanda

  • Written by:
Após a aquisição, em março, da ModiFace, empresa canadense especializada em inteligência artificial aplicada ao mundo da beleza, a L’Oréal poderá expandir, uma vez mais, o seu portfólio.

A gigante mundial da beleza foi eleita como o principal candidata a ter uma participação de 70% na empresa sul-coreana Nanda, especializada na distribuição de artigos de moda e cosméticos na internet. Esta operação – que a L’Oréal não comenta – é estimada em cerca de 400 mil milhões de won (303 milhões de euros), informou nesta quarta-feira o Korea Economic Daily.

Tal como a Unilever, que há sete meses tomou posse do grupo sul-coreano de cosméticos Carver Korea, ou a Estée Lauder, que em outubro de 2015 assumiu uma participação minoritária nas marcas coreanas Dr. Jart + e Do The Right Thing, a L’Oréal adere ao entusiasmo suscitado em todo o mundo pelas marcas de beleza coreanas, especialmente na Ásia e ainda mais particularmente na China.

A República Popular da China gera um forte crescimento para a L’Oréal, que em março passado nomeou Stéphane Rinderknech, diretor geral da L’Oréal na China, para o seu comité executivo. Uma chegada que acontece depois de, no ano passado, a Ásia-Pacífico registar o maior crescimento do grupo, um aumento de 12,3%, impulsionado pelo consumidor chinês, especialmente para a divisão L’Oréal Luxe na China e em Hong Kong.

A Nanda, cuja atividade começou na internet, antes de abrir lojas na Coreia do Sul, em Tóquio e em Hong Kong, conta com uma linha de vestuário, Style Nanda, e com a sua marca de cosméticos 3CE. A empresa registou, em 2016, um volume de negócios de 129 mil milhões de won (98 milhões de euros), contra 109 mil milhões no ano anterior. A potencial aquisição desta participação pela L’Oréal ao fundador da Nanda destina-se a fortalecer a presença do grupo francês no mercado chinês, disse o Korea Economic Daily, citando fontes bancárias e acrescentando que o UBS está encarregue da operação.

Fonte: Reuters

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Nossos canais

Parceiros