Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On Linkedin
Cosmetic InnovationColunistas MaquiagemMaquiagem Multifuncional: Otimização de Performance

Maquiagem Multifuncional: Otimização de Performance

  • Written by:
A maquiagem tem origem nas civilizações antigas com seu uso marcado por tradições relacionadas a divindades, identificação de classes sociais, celebrações e até momentos de conflito, como pinturas de guerra. O uso da maquiagem para o embelezamento data da idade contemporânea, com o objetivo de disfarçar imperfeições e realçar aspectos positivos da pele, boca e olhos.

Hoje, o embelezamento já não é baseado somente no disfarce e coloração, e sim na promoção da saúde da pele como um todo. As rotinas diárias de beleza incluem diversos produtos com diferentes finalidades: hidratação, tratamentos específicos para problemas como manchas e rugas, proteção solar e por fim a maquiagem para uniformizar, corrigir e realçar os tons de pele. A combinação de diferentes produtos promove o cuidado a longo prazo e visa uma aparência saudável com aspecto natural imediato.

A partir do surgimento dessa nova rotina de combinação de cuidados e produtos surgiram as maquiagens multifuncionais, que incorporam os benefícios das categorias de cuidado com a pele nas maquiagens. Entre esses novos produtos multifuncionais se destacam as maquiagens com fator de proteção solar (FPS). Apesar dessa nova categoria ter surgido para facilitar a vida da mulher moderna, otimizando a sua rotina de beleza, tais produtos conseguem efetivamente combinar benefícios sem perda de performance em cuidado, cobertura e sensorial? Precisamos entender quais os ingredientes responsáveis por cada um dos atributos desejados e como combiná-los de forma otimizada para um produto final que atenda a todos os requisitos de performance.

  • MAQUIAGEM

Maquiagem pode ser definida como produto com transferência de cor utilizado para o embelezamento. E a cor é obtida através da utilização de um tipo específico de matérias-primas coloridas: os pigmentos.

Pigmentos são matérias-primas coloridas insolúveis que colorem a pele de forma temporária. Podem ser classificados de acordo com a sua composição química entre orgânicos e inorgânicos. Os pigmentos orgânicos são obtidos a partir da precipitação de corantes (matérias-primas coloridas solúveis) com sais metálicos, tornando-se partículas insolúveis. Pigmentos inorgânicos são sais e óxidos metálicos, de origem sintética ou mineral. Ambos os tipos de pigmentos são naturalmente hidrofílicos e altamente reativos. Existem tratamentos de superfície que reduzem a sua reatividade e, na sua maioria, tornam o pigmento hidrofóbico e/ou lipofílico. Entre os benefícios da utilização de pigmentos tratados estão a melhora da estabilidade nas formulações e facilidade de manuseio. Quando utilizados em emulsões, os pigmentos devem estar preferencialmente na fase externa, o que garante melhor estabilidade e maior fidelidade entre a cor do produto e da aplicação.

Os tons de pele são obtidos através da combinação de 4 pigmentos inorgânicos: dióxido de titânio (branco) e óxidos de ferro preto, amarelo e vermelho. A combinação desses pigmentos em diferentes proporções permite o desenvolvimento de tons de pele desde o mais claro até o mais escuro. A concentração total de pigmentos determina se um produto tem uma cobertura baixa, média ou alta. As maquiagens multifuncionais geralmente oferecem cobertura baixa ou média, com uma concentração de pigmentos total variando de 4 a 10%.

  • PROTEÇÃO SOLAR

Os produtos de proteção solar são considerados anti-idade, por prevenir o fotoenvelhecimento e o surgimento de manchas e melasmas, além de serem uma importante ferramenta na prevenção do câncer de pele. A proteção contra a radiação solar é uma preocupação recente, e a sua incorporação na rotina diária de cuidado com a pele ainda é um desafio.

A principal radiação responsável pelos danos à pele é a ultravioleta (UV), que se divide ainda em UVA e UVB, sendo a primeira responsável pela pigmentação da pele e a segunda pela formação de eritema. Idealmente, os produtos devem oferecer proteção de amplo espectro, protegendo contra ambas as radiações UV, e no Brasil existe essa exigência para registro de produtos de proteção solar. Os ingredientes ativos presentes nas formulações cosméticas oferecem proteção pela absorção e/ou reflexão da radiação UV. Tais ativos podem ser classificados de acordo com a sua composição química em orgânicos e inorgânicos.

Os ativos orgânicos possuem estruturas de ressonância em sua estrutura que absorvem a radiação UV, evitando que ela chegue à pele. Existem vários ativos disponíveis, que protegem em diferentes faixas da radiação UV, se complementando para uma proteção de amplo espectro. Os ativos sólidos necessitam ser solubilizados para garantir sua eficácia, sendo esse um dos principais pontos de atenção para que a formulação tenha a performance desejada. Por serem moléculas sensíveis à radiação UV, podem ser fotoinstáveis, degradando após a exposição à luz. São compostos oleosos, e o uso em altas concentrações pode prejudicar o sensorial da formulação.

Os ativos inorgânicos criam uma barreira física, protegendo a pele através da reflexão e absorção da radiação UV. Os principais ativos dessa categoria são o dióxido de titânio (TiO2) e o óxido de zinco (ZnO). São partículas estáveis de tamanho que pode variar de 10 nm até a escala não-nano (> 100 nm). O tamanho da partícula e dos seus agregados influencia diretamente na performance desses ativos. Tamanhos menores tendem a proteger melhor na faixa do UVA, e tamanhos maiores na faixa do UVB, sendo assim, a combinação de ativos de diferentes tamanhos resulta em um melhor espectro de proteção. Por serem materiais partículados de alto índice de refração, tendem a deixar um efeito esbranquiçado na pele após a aplicação. Esse efeito pode ser minimizado com a utilização de menores tamanhos de partícula, preferencialmente na escala nano. O TiO2 possui maior efeito branco que o ZnO, porém possui melhor eficácia em uma menor concentração, e possui maior proteção na faixa UVB, enquanto o ZnO oferece maior proteção contra o espectro UVA. Ambos são sensorialmente agradáveis, dando um toque seco à formulação e por serem partículas pouco reativas, tem menor risco de causar alergias e são indicados para peles sensíveis e produtos infantis. Porém tem um custo mais elevado que a maioria dos ativos orgânicos.

A combinação das duas categorias de ativos é comumente utilizada de forma a balancear custo e sensorial em produtos de alta performance.

  • OTIMIZAÇÃO DE FÓRMULA

Os ativos inorgânicos para proteção solar são ingredientes chave para a otimização de fórmulas de maquiagem multifuncionais com FPS, uma vez que é possível explorar o seu efeito esbranquiçado como cobertura na maquiagem.

O TiO2 é um ingrediente comum aos dois tipos de formulação. Nas maquiagem ele é usado no grau pigmentário de maior tamanho de partícula e alta cobertura, e nos protetores solares em grau de absorção, com menor tamanho de partícula e baixa cobertura.

O TiO2 não-nano (>100 nm) para absorção UV é pouco utilizado em formulações de proteção solar sem cor devido ao efeito esbranquiçado muito intenso, que se torna um atributo desejável em maquiagens multifuncionais. A combinação com outros ativos é necessária para garantir uma proteção de amplo espectro, seja com ativos orgânicos ou inorgânicos.

A utilização do TiO2 não-nano é uma estratégia de otimização de formulações de maquiagem multifuncional com FPS, pois com um único ingrediente é possível agregar cobertura e proteção solar à formulação, reduzindo a concentração necessária de TiO2 pigmentário, e também de outros ativos para proteção solar, otimizando performance e custo.

A multifuncionalidade adiciona complexidade às formulações cosméticos, e por isso é importante formular estrategicamente de forma a otimizar ingredientes e recursos para oferecer produtos de melhor qualidade em performance e sensorial aos consumidores.

Leia também:

Maquiagem: Metálicos estão de volta!!!
Maquiagem na Era Ultra-HD – Parte 1
Maquiagem na Era Ultra-HD – Parte 2

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos canais

Parceiros