Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic InnovationDestaque Matéria-primaMercado cosmético vive boom de produtos com argila

Mercado cosmético vive boom de produtos com argila

  • Written by:
Alternativa natural, versátil e multifuncional é nova onda nas formulações

Por Estela Mendonça

As propriedades das argilas vêm despertando nos últimos anos um maior interesse dos fabricantes de cosméticos, que buscam cada vez mais opções naturais para exercerem funções importantes no cuidado da pele e cabelo. “O conceito tradicional do uso de argilas apenas como máscara evoluiu muito e hoje elas podem ser aplicadas em praticamente todos os cosméticos, como dermocosméticos, maquiagem, primer, filtro solar, lenços umedecidos, produtos de hair care, dry shampoos e uma infinidade de outros produtos”, conta Cristina Unten, da área de marketing da Sarfam, responsável pela distribuição dos oligominerais da Terramater.

Multimáscaras

Uma das mais fortes tendências de beleza na qual as argilas são as protagonistas são os produtos multimasking, que são comuns na rotina das consumidoras coreanas e que estão se tornando uma verdadeira febre também no Ocidente. Desenvolvidas para atender diversas necessidades específicas de cuidados com a pele, essas multimáscaras podem ser aplicadas individualmente ou combinadas, trazendo múltiplos benefícios a diferentes áreas da face.

GlamGlow, Vichy, Sephora e The Body Shop são marcas que já lançaram linhas próprias multimasking para tornar este processo mais fácil e intuitivo a todas as mulheres.

Enquanto a Vichy lançou recentemente uma linha com três produtos, que agem em apenas 5 minutos de diferentes formas na pele, o lançamento da Sephora é bem mais amplo: são sete opções de máscaras, que podem ser utilizadas sozinhas ou em combinações especiais, dependendo dos benefícios esperados para cada área da pele. Algumas empresas da Coreia do Sul foram ainda mais longe, como a marca BanBan, que lançou duas versões em uma única embalagem.

As máscaras da GlamGlow, marca do grupo da Estée Lauder  direcionada a um público jovem e premium, além de oferecer tratamentos mais profundos e profissionais que as consumidoras podem fazer em casa, lançou produtos que fazem sucesso até nas selfies do Instagram, com efeitos visuais bem marcantes, como  é o caso da linha My Little Poney Glitter Mask, com glitter holográfico. “São produtos que têm um aspecto sensorial diferenciado e formas de aplicação diferentes e divertidas, além de muita performance”, destaca Cristina.

Ingrediente versátil

A especialista da Sarfam destaca que a aplicação das argilas em produtos cosméticos atende as novas demandas dos consumidores, como produtos veganos, certificados kosher e halal, além dos free-from, livre de petrolatum, gluten e lactose. “O minimalismo das formulações exige ativos multifuncionais que promovam benefício fisiológico e atendam os apelos mais procurados pelos consumidores”.

Entre os ingredientes nas formulações que as argilas podem substituir, Cristina destaca os pigmentos, como alternativa aos corantes sintéticos, que por muitas vezes podem causar irritações. Elas também podem ser exploradas como ativo antipoluição, ação anti-aging (efeito tensor e elasticidade), antioleosidade, antioxidante, iluminador, com a vantagem de ser 100 % natural.

A multifuncionalidade desses oligominerais se refletem até no uso em antitranspirantes e desodorantes naturais “Sabemos da capacidade de alta absorção destes phylossilicatos, tanto de água como de moléculas de mau odor. Isso só faz com que a performance dos produtos seja aperfeiçoada”.

Cristina também cita as novas aplicações para tratamentos hair care. “A Terramater possui os protocolos de testes que comprovam a eficácia da argila para a reconstrução capilar, efeito anticaspa e antioleosidade, um avanço para a aplicação das argilas em produtos capilares”.

Nesse segmento, já existem muitos produtos. No portfólio da Secret, a Máscara Argila Branca e Minerais, da Linha SOS Pós-Quimica para reconstrução capilar promete recuperar o equilíbrio hidro lipídico dos fios, mantendo as escamas fechadas e uniformes. São e exemplos ainda o Shampoo Revitalizante Cadiveu Plástica de Argila e a Máscara SOS Argila Branca Skala para cabelos secos e quimicamente tratados

Sofisticação eficaz

Marcas voltadas exclusivamente ao mercado de luxo também estão se rendendo a esses ricos ingredientes minerais. Lançada no ano passado, The Moisturizing Matte de La Mer é um bom exemplo. A loção, com efeito mate e hidratante, oferece a hidratação calmante e o efeito mate ao mesmo tempo, sem comprometer nenhum dos benefícios. Isso foi possível por meio da tecnologia de cápsulas. A La Mer combinou argila, sais minerais e algas, que foram processados, resultando em um pó microfinado que flutua e cobre cada cápsula de loção. Com isso, a luz na superfície da pele é reduzida para obter melhores efeitos matificantes para manter a pele livre de brilho. O resultado é uma combinação de hidratação de alta tecnologia para proporcionar uma aparência fresca e saudável, com um acabamento fosco.

A argila também está presente na formulação da Acne Solution Loção Secativa Incolor FPS 15 Adcos, associada a outros componentes, como ácido lactobiônico, gluconolactona, óxido de zinco, enxofre solúvel  e cânfora. A loção controla a oleosidade, disfarça imperfeições, proporciona efeito mate duradouro e protege contra os raios UVA e UVB.

Outro exemplo brasileiro é a marca Bioart Biocosmetics, que oferece uma linha de maquiagem e tratamentos bionutritivos naturais, orgânicos e veganos à base de argila especial e bioativos selecionados, como glosses, máscaras de cílios, corretivos, pós faciais e sombras. Um dos destaques é a linha de primers, com argilas especiais para garantir manutenção, firmeza e equilíbrio da pele, além formarem uma barreira de proteção solar natural, controlar a oleosidade (sem efeito rebote), ativar a circulação e estimular a síntese de colágeno, assim que aplicadas na pele. Tapioca, vitamina E, extrato de chá verde e zemea complementam a formulação.

Parcerias com universidades

As argilas têm ganhado prestígio como ativos cosméticos, segundo Cristina, também por conta de vários estudos que tornaram possível entender melhor os seus mecanismos de ação, além dos vários testes de eficácia.

A Terramater, por exemplo, tem parcerias com muitas instituições de pesquisa no mundo. Pesquisadores na Universidade de Tóquio, Siena, Rutgers University (Nova Jersey – EUA), Costa Rica e no Brasil (USP, UNICAMP, UFPR, UNESP, UNIVALI, etc.) estão pesquisando nossas argilas com suas novas eficácias e formas de aplicação. “Entendemos que as argilas são de alta tecnologia, permitindo muitos benefícios ao formulador e ao consumidor. E ainda há muito a ser feito criativamente com as argilas no mercado cosmético”, aposta.

Diferenças

Segundo Cristina, há vários tipos de argilas e tecnicamente a melhor denominação para elas é argilominerais. As diferenças principais estão na estrutura das camadas e nos metais (Fe, Zn, Cu, Mg e outras) que formam cada uma. “Como tem forma de um sanduíche (filossilicato), esta característica permite que absorvam quantidades importantes de substâncias de caráter hidrossolúveis e lipossolúveis, dependendo do tipo de argila”.

Uma das grandes vantagens das argilas brasileiras da Terramater é o pH ideal, tanto para a pele como para o cabelo. “Dependendo do local de extração da argila, pode ocorrer a variação do pH tornando-o mais alcalino, causando ressecamento da pele ou o efeito rebote”.

Naturais e sustentáveis

A ascensão da aplicação das argilas e o crescimento da demanda por produtos com apelo de naturais, orgânicos e veganos são tendências que convergem muito bem no mercado cosmético.  “Há previsão de aumento do mercado global de cosméticos naturais, com um crescimento anual de 9,85 % entre 2017–2021, segundo o Research and Markets. Além disso, as aplicações cosméticas têm se ampliado e grandes players globais estão lançando linhas completas com argilas. Além de serem uma alternativa multifuncional, com diversos claims para explorar”, avalia Cristina.

Relatório da Grand View Research também confirma a previsão: “O mercado orgânico de cuidados pessoais deverá atingir US$ 25,11 bilhões até 2025”, diz o estudo, que também afirma que “as inovações tecnológicas voltadas para o desenvolvimento de linhas de produtos acessíveis por empresas como The Body Shop, Aveda Corporation, Amway e Estee Lauder continuam a ser fatores críticos de sucesso para o crescimento da indústria durante o período de previsão”.

Certificação

As argilas e ativos cosméticos Terramater focam esse mercado. Seus ativos cosméticos possuem certificação Cosmos e Ecocert. Além disso, mais de 14 estudos confirmam sua eficácia. Cristina conta que nas áreas onde são extraídas as argilas, são respeitadas a sustentabilidade e a singularidade das próprias argilas, com características únicas a nível mundial, sendo considerada a maior reserva mundial de argila do tipo kaolin. “Todo o beneficiamento é feito com o objetivo de preservar as propriedades naturais orgânicas. Assim, em todo o processo de industrialização busca-se manter as qualidades naturais e o menor impacto ambiental”.

Outro aspecto importante é que as argilas Terramater não são submetidas a cargas de alta energia térmica ou outra forma de energia como a radiação gama, que comprovadamente alteram as propriedades naturais das argilas. A empresa usa um processo de descontaminação exclusivo, que é aprovado pelas certificadoras Cosmos e Ecocert na Europa e não usa radiação gama. “A planta industrial é exclusiva para insumos cosméticos, atendendo às mais exigentes legislações e clientes do mundo”.

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Nossos canais

Parceiros