Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic InnovationDestaque Matérias EspeciasMercado de hair care investiga novas armas contra os radicais livres

Mercado de hair care investiga novas armas contra os radicais livres

  • Written by:

Da queda capilar ao cabelo quebradiço, a ação dos radicais livres vem sendo associada aos principais problemas dos fios e do couro cabeludo

Por Estela Mendonça

O combate à ação dos radicais livres sobre a saúde da pele já é bem explorada pela indústria cosmética, mas essa abordagem vem ganhando importância também para o desenvolvimento de produtos de hair care.

Cristiane Batista, química responsável pele P&D da Acquaflora explica que a teoria da interferência dos radicais livres no envelhecimento foi levantada em meados dos anos 1950 e correlaciona o dano oxidativo cumulativo com o grau de envelhecimento. “Todas as células do nosso organismo são dependentes de oxigênio, que atuam transformando os nutrientes absorvidos dos alimentos em energia. Contudo, o consumo de oxigênio (oxidação) libera moléculas instáveis de carga negativa, denominadas radicais livres”.

Nos cabelos, segundo a executiva, os processos oxidativos podem ser gerados por fatores intrínsecos, como estresse ou alteração hormonal, e extrínsecos, como exposição aos raios UV, poluição, alimentação rica em gorduras saturadas, processos de transformação, descoloração e fumo. “As células possuem seus próprios mecanismos protetores que conseguem reparar os danos por oxidação quando em homeostasia, porém não conseguem manter a mesma porcentagem de reparação quando há excesso de formação de radicais livres causados pelos fatores externos, necessitando da ajuda de ativos antioxidantes exógenos”, explica.

A química da Acquaflora acrescenta que os radicais livres possuem a capacidade de se ligar em outras moléculas com carga negativa com as quais reage ou oxida. Dessa forma, são capazes de danificar células saudáveis. O cabelo está sujeito a várias reações de oxidação. As reações químicas e fotoquímicas são as mais importantes quando se trata de danos causados à fibra capilar.

A oxidação química, geralmente feita com água oxigenada (peróxido de hidrogênio) como agente oxidante, tem como objetivo descolorir o cabelo por meio da destruição dos grânulos de melanina, com consequente clareamento dos fios. A oxidação fotoquímica acontece com a exposição do cabelo à radiação de fontes artificiais ou naturais, como o sol. Os danos causados pelas duas reações de oxidação são: decomposição de aminoácidos, alterações de cor e redução da resistência à tensão, perda de brilho e maleabilidade.

Antioxidantes capilares

A Acquaflora oferece opções antioxidantes para cabelos normais ou mistos, secos e danificados, matizadora e também para cabelos grisalhos. Entre os ativos com propriedade antioxidante, Cristiane cita um complexo botânico desenvolvido por meio da sinergia de três plantas (lavanda, alecrim e violeta), o extrato de açaí, a Coenzima Q10 e o extrato de uvas Chardonnay.

“O extrato de uvas Chardonnay utilizado na fabricação Shampoo Violeta Antioxidante Matizador é extraído das sementes durante o processo de fabricação do vinho, imediatamente após a colheita – momento em que há uma alta concentração de polifenóis, que possuem alto poder antioxidante. Juntamente com o pigmento violeta, o shampoo age no combate aos radicais livres, promovendo uma melhora significativa na neutralização do tom amarelado dos cabelos”, destaca.

Linha Antioxidante Acquaflora

Danos intensos

Os danos causados pelos radicais livres vão se tornando cada vez mais visíveis se não forem tratados, alerta Aline Motta Fernandez, engenheira química responsável e diretora de marketing da DO.HA, que destaca o desbotamento dos fios e a perda de brilho, além de fios mais quebradiços e embaraçados, como os principais deles. “É legal salientar que esses danos são mais intensos em cabelos com coloração, mas também ocorrem nos fios naturais”.

Aline Fernandez: danos ocorrem também em cabelos sem química

Segundo Aline, como os produtos antioxidantes agem neutralizando os radicais livres, ou impedindo que a reação ocorra, geralmente os produtos para cabelos coloridos ou danificados são as linhas que mais tem ativos antioxidantes e proteção solar.

“Na DO•HA linha ColorSpecifiqué é rica em extratos antioxidantes, como o da pitaia, que contém vitamina C, um dos mais poderosos elementos de combate aos radicais livres, ou nosso recondicionador bifásico da Linha Xtreme Repair, que além de extratos ricos em vitaminas C e E, oferece proteção solar, podendo ser utilizado nos fios ainda úmidos ou secos”.

Para Jane Santa Rosa, supervisora de laboratório da Amend, produtos que contenham componentes ricos em vitaminas A, C e E, além de filtro solar, podem ajudar a amenizar a oxidação capilar.  Na Amend, a indicação antioxidante é o Shampoo Amend Coco, da linha que também oferece condicionador e máscara. A fórmula é livre de sulfato e enriquecida com óleo de coco, rico em vitaminas E e K com ação antioxidante. “O produto proporciona maciez e hidratação intensa. Outra opção é o Leave in Regenaritve Luxe Creations, que oferece proteção solar e térmica, proporcionando  brilho e  excepcional flexibilidade aos cabelos”.

Amend aposta no poder antioxidante do óleo de coco

Vinagre balsâmico e goji berry

A ação antioxidante também foi foco da Haskell para criar a nova linha para regeneração Bendito Seja. Composta por xampu, condicionador, fluído proteico, máscara e proteína capilar, a linha une o poder antioxidante do vinagre balsâmico a ativos hidratantes para os mais variados tipos de cabelo.

Priscilla de Melo, do P&D da empresa, explica que o vinagre balsâmico atua no alinhamento e na renovação capilar. “Ele promove redução do aspecto poroso dos fios, selagem das cutículas e reequilíbrio do pH. Além disso, é um poderoso antioxidante, responsável por manter a integridade dos cabelos”. A formulação da linha também conta com um complexo de proteínas, rico em elementos hidratantes e nutrientes essenciais, que confere maciez, brilho e condicionamento. Também restaura a estrutura danificada da queratina e a elasticidade natural dos fios.

Linha Haskell Bendito Seja com vinagre balsâmico

A Bio Extratus também acaba de lançar uma linha pós-coloração  enriquecida com  ativos antioxidantes, filtro UV e liberada para Low Poo. A linha é elaborada com goji berry, conhecido por suas propriedades antioxidantes e alta concentração de vitamina C, além do ingrediente tecnológico Lumicor, que interage com os pontos de danos oxidativos reparando a fibra capilar, e aminoácidos de cereais com suas propriedades nutritivas.

Poder da goji berry na Linha Pós Coloração Bio Extratus

Novas pesquisas

A engenheira química especializada em cosmetologia e perfumista, Sonia Corazza, cita um trabalho realizado  em conjunto pela Universidade Estadual Paulista de Araraquara e Universidade Federal de São Carlos, que mediu o dano causado aos cabelos pela radiação solar acumulada. “Os pesquisadores analisaram um aminoácido presente no fio de cabelo, bastante sensível à radiação ultravioleta, chamado triptofano, e descobriram que o excesso de luz solar promove a oxidação dos componentes do fio de cabelo, a desidratação das fibras, a perda de coloração e a fragilização dos fios”.

Sonia afirma, ainda, que outros trabalhos mostram que os aminoácidos mais sensíveis à foto-oxidação são: triptofano, a cistina, a tirosina e a histidina. Os pesquisadores também sugerem que o excesso de radiação solar e seu potencial oxidante podem contribuir para a calvície. “O trabalho de mestrado ‘Efeito da Radiação Ultravioleta na Cor, na Perda Proteica e nas Propriedades Mecânicas do Cabelo’, da aluna Ana Carolina Santos Nogueira (Unicamp), quantificou a perda proteica das diversas cores de cabelo natural e descobriu que os fios ruivos são os que  sofrem a maior perda”, conta. “A radiação UVB é a principal responsável pela perda proteica do cabelo e quanto à mudança na cor, a vilã é a radiação UVA”, finaliza.

Cooperação internacional

Um novo ativo com alto poder antioxidante capilar acaba de chegar ao mercado, o JabuticaBelle,  resultado da cooperação entre a Mibelle Biochemistry e a Focus Química,  representante exclusiva da empresa suíça  no Brasil.

Amanda Omodei, gerente de Marketing Técnico da Focus Química

Amanda Omodei, gerente de marketing técnico da Focus, explica que a cocriação partiu do objetivo de desenvolver um produto que pudesse atender efetivamente o mercado brasileiro capilar, oferecendo um ativo altamente eficaz em baixas concentrações, que tivesse uma fonte vegetal que o brasileiro se identificasse e que apresentasse resultados multifuncionais. “Analisamos diversas possibilidades de ingredientes que tivessem a ‘essência’ brasileira e, por esse motivo, o ativo mãe do JabuticaBelle, como o nome sugere, é derivado da Jabuticaba”.

O ativo foi desenvolvido para tratamento do couro cabeludo e dos cabelos, com forte ação antioxidante, graças ao poder da jabuticaba e seus compostos fenólicos e dos taninos da Tara, árvore dos Andes Peruanos, ingrediente altamente antioxidante, com o ácido gálico como principal constituinte, que combate os radicais livres gerados pela exposição ambiental. “Ele também é um aliado para recuperação do couro cabeludo, essencialmente após tratamentos químicos como: tintura, alisamento, botox capilar, relaxamento e escova progressiva, procedimentos químicos capilares muito usuais no Brasil”, destaca Amanda.

Ação antioxidante comprovada

O poder antioxidante de JabuticaBelle foi determinado em testes in vitro, que comparou   sua capacidade de neutralizar agentes oxidantes e radicais livres com a vitamina C pura e o chá verde, duas substâncias conhecidas por seu alto poder antioxidante. JabuticaBelle mostrou ser tão efetivo quanto a Vitamina C, mas superiormente estável, e mais antioxidante que o chá verde.

Foi também realizado um teste de comprovação de proteção da cor dos cabelos em lavagens consecutivas utilizando apenas 0,5% de Jabuticabelle em um xampu convencional, em comparação com o placebo. As mechas com tonalidade marrom escuro foram descoloridas e tingidas com coloração vermelha. De maneira exaustiva, as mechas foram lavadas com solução aquosa com LESS (Lauril Éter Sulfato de Sódio), secas e pranchadas por 10 vezes. Esse procedimento foi realizado seis vezes consecutivas. Os resultados de proteção de cor com o Jabuticabelle foram muito superiores aos do placebo. Confira no gráfico:

Teste in vivo

O novo ativo também foi testado no Brasil com 40 voluntários que passaram por tratamento químico recente (escova progressiva, coloração, relaxamento ou botox capilar) e que tinham evidências no couro cabeludo de vermelhidão e sensibilidade, descamação e/ou prurido.

Diariamente, 20 voluntários aplicaram o xampu com placebo e 20 o xampu contendo 0,5% de JabuticaBelle.  Após iniciado o tratamento, os voluntários que utilizaram Jabuticabelle observaram resultados expressivos em apenas duas aplicações, com redução significativa de 50% na vermelhidão, 75% de melhora no prurido e 65% na descamação do couro cabeludo.  Veja abaixo:

Os voluntários também responderam a um questionário de avaliação e 90% deles perceberam melhora na sensação de bem-estar do couro cabeludo após 3 dias e  95% após 7 dias. Além disso, 80% dos voluntários notaram que o cabelo ficou com toque muito macio e mais hidratado em apenas 3 dias e  70% dos voluntários notaram seu cabelo mais brilhante e com aspecto saudável após 3 dias e 85% após 7 dias. Confira os resultados:

Amanda reforça que o JabuticaBelle pode ser aplicado em formulações de  todos os tipos de produtos de cuidados capilares, como xampus, tônicos, condicionadores, máscaras capilares, séruns e produtos para modelagem, tanto de uso profissional como de cuidados diários. “Dermatologicamente testado e aprovado por consumidores brasileiros, JabuticaBelle é um excelente ativo que oferece resultados multifuncionais: diminuição da sensibilidade do couro cabeludo, aumento da saúde capilar, brilho, hidratação, maciez, proteção da cor e proteção contra o estresse urbano”.

 

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Nossos canais

Parceiros