Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic InnovationRadarO que a rotina de cuidados com a pele das asiáticas pode ensinar às brasileiras?

O que a rotina de cuidados com a pele das asiáticas pode ensinar às brasileiras?

  • Written by:
Rotina de cuidados com a pele das coreanas chega a ter onze passos

As asiáticas – em especial as sul-coreanas – têm a fama de grandes entusiastas em cuidados com a pele. Tanto que o termo K-Beauty (Korean beauty, beleza coreana), para falar sobre cosméticos desenvolvidos por empresas sul-coreanas já está se espalhando pelo mundo. Assim como os como os produtos que elas tanto amam – os BB Creams e CC Creams que já são facilmente encontrados nas farmácias brasileiras viraram febre antes por lá, assim como as máscaras de tecido, que também têm pipocado nas prateleiras ocidentais.

A rotina de cuidados que coreanas tem pode chegar a dez ou até 11 passos que vão da limpeza até produtos anti-idade. Esses passos podem ter diferentes combinações – de manhã, por exemplo, há aplicação do protetor solar, enquanto a noite pode ser reservada para uma máscara, por exemplo.

Priscila Palazzo, que é fisioterapeuta pós-graduada em Dermato-funcional, além de integrante da Academia Brasileira de Estética, explica que a rotina que elas seguem é bem completa, o que faz diferença para a saúde da pele. “Muitas vezes as brasileiras não seguem nem cinco desses passos, que são os mais básicos”, diz.

Ordem

A ordem dos cuidados das coreanas, em geral, é a seguinte: limpeza, esfoliação, tonificação, tratamento, máscara, creme para os olhos, hidratação, proteção solar e anti-idade. Lembrando que há diferentes combinações para o dia e para a noite. Além disso, alguns cuidados, como esfoliação e máscara, por exemplo, não precisam ser repetidos todos os dias.

“A esfoliação deve ser feita com a pele limpa e no máximo três vezes por semana, é ideal para tirar as células mortas”, explica ela. As máscaras podem ser usadas uma ou até duas vezes por semana, dependendo do tipo de pele e recomendação do produto. As coreanas têm predileção pelas máscaras de tecido embebidas em produtos, conhecidas como sheet-masks. Várias marcas asiáticas desse tipo de produto já podem ser encontradas por aqui – assim como há marcas brasileiras também fabricando as suas.

Para o pesquisador em cosmetologia e farmacêutico, Lucas Portilho, a principal vantagem desse tipo de produto é a oclusão, ou seja, os ativos são obrigados a atingir o alvo. “Não existe outro caminho a percorrer: eles vão penetrar na pele”, completa.

Não há contraindicações – o importante é sempre buscar uma máscara que tenha a ver com as características de cada pele (ou com o objetivo que se pretende alcançar). O dermatologista Jardis Volpe, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia, recomenda também uso dessas máscaras como complemento para tratamentos de laser e injetáveis. “Gosto bastante dos resultados. Muitas vezes eu falo para o paciente usar uma vez por semana ou a cada 15 dias também como tratamento domiciliar”, afirma.

Diferenças

Uma das diferenças nas rotinas coreana e brasileira é a limpeza da pele – as asiáticas costumam fazer uma limpeza dupla, ou double cleansing. Normalmente, usam um óleo de limpeza (em geral, mais potente que os demaquilantes bifásicos, por exemplo) para remover bem a maquiagem. “Depois, lavam novamente o rosto com sabonete apropriado para o rosto – dois produtos são mais eficientes que um”, explica Priscila.

Elas também não deixam de aplicar hidratante de manhã e à noite. “Ele é indispensável, uma vez que ajuda a pele a repor a quantidade de água perdida, o que não deixa de prevenir os sinais da idade”, diz ela. Antes de dormir, elas aplicam por cima um produto anti-idade. “Recomendo um anti-idade mais poderoso, que trabalhe enquanto você dorme, que é quando acontece a renovação celular”, finaliza.

Fonte: Gazeta do Povo

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Nossos canais

Parceiros