Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic InnovationInternacional Mintel RadarPor que você deveria adicionar bactérias aos seus produtos de cuidados com a pele

Por que você deveria adicionar bactérias aos seus produtos de cuidados com a pele

  • Written by:

Nossa compulsão por banhos diários é um desenvolvimento relativamente recente. Somente nos últimos 100 anos o banho diário ou o chuveiro se tornaram uma prática generalizada. Agora, existe a preocupação de que os banhos estão levando nosso microbioma  – as bactérias benéficas  da nossa pele – embora para o ralo. A solução seria banhar-se menos, pois os tensoativos e conservantes da maioria dos sabonetes não são compatíveis com microbiomas. Mas mudar isso é o desafio e a oportunidade para as marcas de sabonetes e chuveiros.

Trazer probióticos suplementares para o banho

Assim como os sabonetes hidratantes reabastecem a umidade removida pelo banho, os sabonetes probióticos procuram restaurar boas bactérias. O principal meio de conseguir isso é através de ingredientes probióticos fermentados como culturas de iogurte. Estamos vendo o surgimento de produtos que adicionam boas bactérias à pele. Uma startup chamada AOBiome, por exemplo, aproveita as descobertas de microbiomas em produtos tópicos. No coração do portfólio da marca Mother Dirt, pertencente à AOBiome, está o seu pulverizador AO+, que rega o rosto e o corpo de bactérias benéficas. O apelo do spray é o de melhorar a aparência da pele e reduzir o seu odor, como resultado da restauração do microbioma. Como a AOBiome vende uma linha de produtos que servem para várias categorias, que também inclui um limpador e um shampoo que não destroem o microbioma, ela serve como um modelo de como as marcas podem reverter os efeitos do excesso de banho sem defender um estilo de vida com menor frequência de banhos.

Sabonetes probióticos são raros

O problema com muitos sabonetes probióticos, no entanto, é que a maioria ainda usa tensoativos tradicionais e ingredientes conservantes, que neutralizam o benefício de bactérias adicionadas. Os poucos sabonetes posicionados em torno da preservação de boas bactérias são livres de conservantes, o que obviamente não é viável para a maioria dos produtos de mercado de massa. Esta pode ser uma das razões pelas quais existem tão poucos sabonetes probióticos. Marcas de sabão que podem encontrar uma maneira de reformular produtos de limpeza para fornecer probióticos com mais sucesso poderiam iniciar uma tendência de crescimento de categoria em linha com sabonetes hidratantes. A maioria dos adeptos aos banhos diários será pressionada a desistir da prática, mas muitos pagariam mais para neutralizar a perda de bactérias naturais da pele.

Mother Dirt AO+ Mist, EUA: Formulado com uma bactéria “pacificadora” viva e patenteada para restaurar as bactérias essenciais que foram removidas pela higiene e estilo de vida modernos.

Barnängen Yoghurt Aloe Vera Shower Cream, Suécia: Indicado para pele seca, apresenta uma fórmula leve e suave enriquecida com culturas de iogurte probiótico, protegendo a pele do ressecamento e mantendo-a macia e suave.

Pure Beginnings Organic Baby Probiotic Sensitive Cream Wash, África do Sul: O produto é formulado com ingredientes prebióticos e probióticos em uma fórmula de pH equilibrado para proteger o microbioma da pele durante o banho.

 

 

 

Fonte: Blog Mintel

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Nossos canais

Parceiros