Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic InnovationEmpresas & NegóciosRaisa Cosmética quer ser Lush brasileira

Raisa Cosmética quer ser Lush brasileira

  • Written by:
Simara Toledo tinha pouco mais de cinco anos de idade quando decidiu que seria perfumista — hoje, quatro décadas depois, ela ainda tem na memória os detalhes do momento em que tudo aconteceu. Era década de 1970 e a curitibana acompanhava a mãe de loja em loja em um passeio pela cidade. De repente, um aroma delicioso chamou sua atenção. “Era uma loja de perfumes. Lembro-me de olhar para cima, maravilhada, e pensar: um dia eu vou ter um lugar assim”, conta. O sonho se concretizou há uma década. Agora, tenta fazer de sua marca, a Raisa Cosmética, uma espécie de Lush brasileira.

“A minha intenção é essa. A gente sempre ouve dos clientes que os produtos são muito parecidos. A proposta é a mesma”, defende Simara. De fato, sua empresa tem muito em comum com a famosa britânica, que preza pela mão de obra 100% artesanal, uso de matérias-primas naturais e produtos livres de testes em animais. Em breve, a marca lançará seu primeiro item vegano de um catálogo de 150 produtos – uma pomada para cabelos.

A empresária pretende aproveitar a recente saída da Lush do Brasil para abrir uma loja em São Paulo. Se os planos derem certo, o comércio aumentará ainda mais o mapa de conquistas da curitibana: hoje, a Raisa tem duas lojas próprias – uma em Búzios e outra em Ilhabela – e cinco franquias espalhadas pelo país (São Paulo, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Bahia e Distrito Federal). No e-commerce, o crescimento tem sido intenso. No ano passado, a empresa registrou uma alta de 71% nas vendas.

De pedagoga a perfumista

O amor de Simara pela perfumaria demorou a se tornar profissão. Formada em pedagogia, ela começou a se aventurar para valer nas fragrâncias quando já tinha uma carreira bem consolidada nas salas de aula. Foi durante um período livre e um tanto tedioso, ela confessa, como ajudante na fábrica de latas do pai, em Campina Grande do Sul, que a brincadeira tomou forma.

“Numa tarde em que eu estava claramente entediada, meu pai perguntou o que eu mais gostava na vida. Quando respondi ‘perfume’, ele sugeriu que eu aprendesse a fazer”, conta. Aprendeu. Depois de uns cursos aqui, outros ali, a pedagoga arriscou a presentear os amigos e familiares com suas fórmulas inéditas.

Não sem antes testar a fixação e os aromas nos funcionários da fábrica. “Eu colocava eles em fila às 7h da manhã, borrifava perfume e depois cheirava os pulsos deles no fim do dia para avaliar”, relembra, rindo.

Rosa, o eau de parfum da marca, é o xodó de Simara. O perfume foi feito em Paris e vem em uma embalagem de algodão feito a partir de garrafa pet. Foto: Letícia Akemi / Gazeta do Povo

“O pessoal começou a pedir mais e mais. Perguntavam se eu tinha sabonete, hidratante, xampu”, lembra. Sem hesitar, respondia que sim, mesmo nunca tendo produzido os cosméticos na vida. Lá foi ela aprender a técnica. Resultado: cada um dos 150 produtos da marca tem o selo de perfeccionismo e exigência de qualidade de Simara Toledo. “Eu uso só o que tem de melhor. Pode ter certeza”, afirma.

Uma de suas preocupações é com o meio ambiente. Nos cremes e sabonetes esfoliantes, as microesferas de plástico – problema que tem gerado uma preocupação mundial – são proibidas; em seu lugar, cascas de amêndoas doces e sal marinho são utilizados como substitutos sustentáveis.

Pouco a pouco, a salinha de quatro metros quadrados que havia transformado em laboratório ficou apertada demais. Ganhou um espaço no terreno do pai e construiu, ali, um galpão de 300m²; em um ano, precisou expandir o espaço. Hoje, os 600m² de fábrica ganharão em breve um complemento.

Fonte: Gazeta do Povo

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Nossos canais

Parceiros