Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic InnovationDestaque InternacionalTendências que estão dominando o segmento de Skin Care facial e corporal

Tendências que estão dominando o segmento de Skin Care facial e corporal

  • Written by:
No mundo das avaliações e revisões on-line em 2017, o rosto estava em alta, o corpo estava em baixa e todos estavam adorando máscaras. A equipe de insights do Influenster (www.influenster.com) preparou o palco, analisando mais de 1 milhão de revisões orgânicas de skin care, sem incentivos comerciais, escritas por membros do site e do aplicativo Influenster, de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2017, e conduziu pesquisas personalizadas com mais de 11.000 membros, sobre seus hábitos diários de cuidados com a pele.

Como o destino digital onde milhões de consumidores pesquisam e analisam produtos, o Influenster está bem posicionado para revelar os principais produtos de cuidados com a pele que os consumidores estão movimentando em lojas de varejo de luxo, farmácias e varejistas indie, com base na atividade de revisão orgânica na plataforma.

4 Assuntos Predominantes em Cuidados Faciais da Pele

No ano passado, houve um aumento significativo nas revisões de produtos faciais não patrocinadas, em comparação a 2016. Os dois principais impulsionadores desse aumento foram 1) o crescimento de revisões de produtos emergentes, incluindo máscaras, óleos, névoas, séruns, tônicos e produtos para limpeza, e 2) crescimento nas revisões de produtos distribuídos nos canais de luxo e produtos indie. No entanto, nem todas as subcategorias de skin care facial aumentaram. Os tipos que sofreram declínio nos comentários incluíram hidratantes, protetores solares faciais e produtos de higiene pessoal.

  1. Marcas Indie

Dentro da categoria de skin care facial, os produtos indie obtiveram um notável crescimento de 659% no volume de revisões em 2017, em comparação com 2016. Quase todas as categorias de produtos indie para o rosto cresceram, com máscaras de rosto liderando a lista. A Lush, com suas fórmulas baseadas em ingredientes especiais e perfumes, liderou a investida, dominando os 10 principais produtos para o volume total de resenhas nessa categoria.

  1. Óleos Faciais

Os óleos para o rosto foram um formato digno de nota, com o Sunday Riley e o Drunk Elephant impulsionando o crescimento das resenhas, com embalagens divertidas e coloridas e ingredientes ativos anti-envelhecimento projetados para atrair os viciados em cuidados com a pele de todas as idades.

  1. Marcas de Luxo

Os produtos de luxo de skin care facial apresentaram crescimento de volume de 101% em comparação a 2016. Os melhores drivers das revisões de luxo foram os favoritos icônicos, como o Spray Facial Mario Badescu com Aloe, Ervas & Água de Rosas e o Óleo da Tarte Pure Maracuja, enquanto removedores de maquiagem de luxo tiveram um declínio geral nas revisões em 2017, em comparação com 2016. Este declínio pode ser atribuído ao aumento de óleos e balms, bem como outros formatos de produtos para limpeza e clareamento da pele.

  1. Marcas de Massa para Limpeza da Pele

Os produtos de massa para limpeza da pele tiveram um aumento de 7% nas revisões em 2017, em comparação com 2016. Os principais produtos em volume de revisões nesta categoria têm benefícios de limpeza, em oposição aos benefícios de hidratação.

Os produtos para limpeza foram o formato mais revisado em 2017, com máscaras ficando em segundo lugar; na trajetória reversa, os removedores de maquiagem e maquiagem estavam em declínio. E, sem surpresa, a maioria das principais máscaras de massa em volume de revisões tem benefícios de limpeza.

Decodificando Declínios de Skin Care Corporal

Ao contrário das revisões de Skin Care facial, as revisões não incentivadas sobre cuidados com a pele do corpo no Influenster diminuíram em 2017, impulsionadas pela massa, que é o maior canal da categoria. Todas as marcas corporais de drogarias, exceto a Shea Moisture, diminuíram na apuração de 2017, em comparação com 2016. Assim como na área facial, nenhum dos principais produtos corporais de que conduzem as revisões, como Dove Beauty Bar e Vaseline Jelly Original, são inovações.

As marcas de luxo e indie, que são comparativamente menores na área corporal do que nos cuidados com a pele do rosto, mostraram uma taxa semelhante de declínio.

Foque em Áreas Corporais mal Servidas

Existem pontos de destaque, no entanto. Balms para a barriga, que incluem produtos como a fórmula de manteiga de cacau da Palmer e a terapia para tratamento de estrias da Maderma, representam um pequeno, mas crescente ponto brilhante em cuidados corporais de massa.

Há também marcas de cuidados corporais que mudam o jogo, como a Sol de Janeiro, que experimentou um surto de burburinho devido ao foco nas partes corporais favoritas dos brasileiros – bumbum, pés e pêlos – dos quais consumidores (e marcas) geralmente não falam sobre.

Oportunidade na Hora do Banho

Quando as gerações de consumidores são estudadas, verifica-se que a Geração Z fez mais barulho com Skin Care em 2017, em comparação com 2016, enquanto as conversas sobre pele corporal entre a Geração X e a Geração Y caíram. O aumento do interesse da Geração Z pode ser atribuído ao seu jogo de selfies no banheiro e ao amor da geração por exibir os rituais do banho na mídias sociais. 

Categoria de Skin Care Pronta para a Ruptura

A fim de entender melhor a causa do declínio nas revisões de cuidados com a pele corporal não incentivados, e também para saber se essa queda refletia o comportamento do consumidor, ou seja, uma mudança do uso dos formatos corporais tradicionais, foram entrevistados 11.000 membros sobre seus hábitos de banho.

Quase metade dos consumidores entrevistados tomam banho seis a oito vezes por semana, e 90% deles usam body washes (com xampu, sabonete e esfoliação corporal). Quanto aos produtos que utilizam regularmente quando tomam banho, bombas de banho (55%) são a primeira escolha, seguidas de banho de espuma (43%), sais de banho (41%) e imersão (27%). Sessenta e cinco por cento dos entrevistados hidratam a pele após tomar banho.

Com base nessas descobertas, a hipótese mais coerente é que os consumidores ainda podem estar usando produtos para cuidados com o corpo, mas que a categoria corporal está se tornando mais commoditizada e os consumidores são menos inspirados a criar e compartilhar conteúdo sobre cuidados com a pele do corpo.

Outra hipótese viável é a de que o consumidor pode estar fazendo compras de soluções para cuidados corporais fora dos lugares tradicionais, por exemplo, usando o óleo de coco ou outros óleos vegetais alimentícios como hidratantes e tratamentos tópicos para a pele.

3 Pontos-Chave para Skin Care

  1. Os consumidores percebem o rosto e o corpo de forma diferente: as revisões de rosto foram feitas, impulsionadas por máscaras e óleos faciais no canal indie e de luxo; revisões corporais apresentaram declínio, impulsionado por sabão em barra, body washes e hidratantes no canal de massa.
  2. Produtos divertidos e coloridos direcionados a mulheres mais jovens causaram agitação em todos os canais, preços e formatos.
  1. É difícil vencer um ícone: os principais produtos de avaliação de cada categoria eram favoritos cult e não inovações.

Fonte: gcimagazine

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Nossos canais

Parceiros