Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic InnovationEmbalagem & Design RadarVeja as 7 principais tendências em embalagens para cosméticos

Veja as 7 principais tendências em embalagens para cosméticos

  • Written by:
As embalagens para cosméticos são extremamente importantes para o sucesso desses produtos. Veja as tendências e se destaque no mercado!

Muitos clientes são seduzidos por uma embalagem que traduza os seus valores e anseios, e outros valorizam muito características como segurança e facilidade de transporte. Mais do que acondicionar o creme ou a maquiagem, o invólucro serve para transmitir os sentimentos e as ideias que a marca carrega em seus valores, além de uma aparência agradável. Por isso, é muito importante conhecer as tendências em embalagens para cosméticos e proporcionar uma experiência completa para o consumidor.

Assim como a estética e a moda mudam com o passar do tempo, o gosto dos consumidores também. As embalagens devem acompanhar essas transformações, sem abrir mão da identidade da marca.

Neste post vamos apresentar as principais tendências em embalagens para cosméticos. Se você tem interesse pelo assunto, continue a leitura!

  1. Uso de materiais sustentáveis e reutilizáveis

A preocupação com o impacto do consumo sobre o meio ambiente e a escassez dos recursos naturais fez com que as marcas começassem a pensar em embalagens mais sustentáveis.

Algumas opções são o uso de produtos facilmente recicláveis como o papel em substituição às embalagens de alumínio, que demoram muito mais tempo para se decompor. Algumas chegam a oferecer embalagens totalmente biodegradáveis, feitas de maneira sustentável, mas que mantêm a capacidade de proteção do produto.

Uma alternativa é o uso de embalagens reutilizáveis, com as quais o consumidor precisa apenas adquirir o refil, diminuindo a produção de plástico. Além disso, reduz o valor do item, ajudando a fidelizar o cliente.

  1. Diminuição do tamanho das embalagens para cosméticos

Consumidores que viajam com frequência têm preferência pela compra de produtos em embalagens menores, de forma a facilitar o transporte e a organização das malas.

Além disso, a disponibilização de produtos em quantidades menores também permite a compra por um preço mais baixo, o que é excelente para quem quer testar o cosmético antes de incluí-lo na sua rotina de beleza.

Um dos exemplos é a conhecida marca MAC Cosmetics, que lançou a linha Little MAC, com itens como batom, fixador e máscara para cílios em tamanho menor e com preços mais acessíveis.

  1. Uso de texturas

A aplicação de formas gráficas nas embalagens traz um estilo retrô, em alta no mercado da moda, transferindo características como sofisticação e bom gosto ao produto.

Essa inspiração provoca a formação de desenhos constantes, curvos ou com padrões angulares, que também remetem a elementos usados no Mindfulness. Se levarmos em consideração a sensação de urgência provocada pela tecnologia e a necessidade por estados mentais de mais tranquilidade, tal tendência tem um apelo comercial muito forte.

Outra característica é a ausência de revestimento nas embalagens, dando um aspecto mais artesanal e ligado à natureza, com um design mais descomplicado. Esse tipo de textura estabelece uma forte conexão com os clientes voltados às questões ambientais e ao consumo consciente.

  1. Criatividade na comunicação

As redes sociais trouxeram uma nova maneira de vender produtos e serviços, afetando o conceito de design de produtos. O crescimento dos blogs de beleza, que por meio de tutoriais em vídeo testam o uso de diversos itens de maquiagem, ressaltou ainda mais essa necessidade — assim como o uso do Instagram.

Por isso, uma forte tendência são embalagens que fiquem perfeitas nas fotos, e que, ao mesmo tempo, apresentem características que as diferenciem da concorrência e proponham uma ligação direta com a sua marca. Autenticidade!

Toques inusitados e de humor também ajudam a diferenciar a embalagem do seu produto e atuam como um bom fator de marketing.

  1. Experiência de consumo

As embalagens devem ser encaradas não só como a proteção do produto, mas como uma maneira de transmitir as ideias da marca e proporcionar experiências agradáveis, que vão fazer com que o cliente associe sentimentos positivos ao produto.

Algumas empresas estão investindo na referência às origens do produto, e outras permitem que a fragrância possa ser sentida através da embalagem — como no caso de alguns perfumes. Há marcas que ainda trazem a sensação de personalização ou evocam sentimentos de leveza e frescor, procurando criar identificação entre cliente e cosmético.

  1. Informações mais claras

Os consumidores estão cada vez mais preocupados em conhecer a composição dos produtos que estão usando. Algumas substâncias podem provocar alergias e até mesmo são evitadas por não provocarem os efeitos desejados.

Essa preocupação aumenta quando encontramos clientes veganos, que sempre procuram itens livres de qualquer substância de origem animal e que não tenham sido testados em animais.

Por isso, uma forte tendência nas embalagens de cosméticos é a disponibilização de todas as informações sobre o produto, de maneira direta e clara. Também há o uso de fontes maiores, que possam ser lidas com mais facilidade.

  1. Flexibilidade nas embalagens

O consumidor atual procura conciliar uma rotina de cuidados com o excesso de compromissos, já que está exposto a uma vida cada vez mais corrida. Por isso, embalagens que sejam mais fáceis de usar e carregar ganham a preferência do público.

Essa flexibilidade se traduz em produtos com tampas mais fáceis de abrir, embalagens adaptadas às condições úmidas do banheiro, dispositivos de fecho e mais facilidade de saída do produto do interior da embalagem.

No entanto, vale lembrar que como muitas pessoas acabam carregando esses itens na bolsa diariamente, essas embalagens não podem abrir mão da segurança e proteção dos produtos.

Como o mercado de cosméticos está em constante transformação, é muito importante buscar informações e manter-se atualizado sobre tudo o que acontece — lançamentos, tendências, substâncias e resultados.

O mesmo vale quando pensamos em embalagens para cosméticos. Afinal, além de proteger e conservar o produto, elas devem sempre refletir a marca e cair no gosto do consumidor, de acordo com a idade e o poder aquisitivo do público-alvo. Vale lembrar que muitos cosméticos de boa qualidade perdem preferência justamente porque a embalagem dificulta a aplicação ou o armazenamento do produto.

Fonte: Talk Science 30.04.2019

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Parceiros