Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic InnovationEmpresas & NegóciosWhatsApp está transformando as vendas diretas

WhatsApp está transformando as vendas diretas

  • Written by:
A popularização das redes sociais e principalmente dos aplicativos de mensagens, como o WhatsApp, impactaram diretamente o setor de vendas diretas e aproximaram empreendedores independentes e consumidores.

Dados do próprio WhatsApp mostram que no Brasil há mais de 120 milhões de usuários ativos do aplicativo. Outro estudo apontou que de um universo de 2 mil entrevistados, 96% usavam o WhatsApp. Destes, 93% utilizam o aplicativo todo o dia.

Para algumas empresas de vendas diretas, o WhatsApp já corresponde a cerca de 80% do volume de vendas, ou seja, estes números comprovam a tese de que o aplicativo já é usado como ferramenta fundamental para alavancar vendas, mas ainda há um enorme mercado em potencial a ser explorado.

“A tecnologia já é usada como aliada da força de venda e a tendência é que o uso do WhatsApp cresça cada dia mais. A facilidade proporcionada pelo aplicativo traz ainda mais praticidade ao setor”, fala Adriana Colloca, presidente executiva da ABEVD (Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas).

A venda direta continua sendo feita por meio do relacionamento. A confiança entre empreendedor independente e consumidor segue como ponto-chave da venda, mas o WhatsApp proporciona facilidade na comunicação e praticidade no contato com os clientes.

Como toda ferramenta de trabalho, o aplicativo requer alguns cuidados básicos para garantir seu uso satisfatório.

Veja 5 dicas para usar o WhatsApp como aliado das vendas diretas:

Bom senso – ninguém gosta de ser bombardeado com informações invasivas. Tome cuidado com as ofertas enviadas para não sobrecarregar o consumidor.

Conteúdo – oferecer o produto por oferecer não é mais a estratégia correta. Disponibilize também conteúdo informativo como vídeos e áudios com os benefícios dos produtos ofertados.

Atendimento – o foco da relação continua sendo o cliente, por isso o atendimento deve ser personalizado e único.

Agilidade – o WhatsApp pede que as respostas sejam rápidas, claras e eficientes. Se o consumidor entra em contato por meio do aplicativo, ele busca uma informação com rapidez.

Disponibilidade – como os ganhos no setor de vendas diretas são proporcionais ao esforço empreendido, a flexibilidade de horários pede que o empreendedor independente esteja disponível no horário que o consumidor desejar.

Além de facilitar o processo de venda, o WhatsApp agiliza o contato de líderes com os participantes das equipes e muitas vezes é usado para transmitir materiais de treinamentos que são ministrados por meio da internet.

A tecnologia no mercado de vendas diretas será um dos temas que serão abordados no Congresso Nacional de Vendas Diretas, principal evento do setor, que acontecerá no dia 7 de maio, no Vila Blue Tree, em São Paulo.

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Nossos canais

Parceiros